terça-feira, 29 de maio de 2012

Blazer yourself com cotoveleira

Já falamos sobre blazer e sobre suas variações de textura. Hoje vamos falar sobre uma outra variação. Um detalhe. Um capricho.

A cotoveleira é daqueles detalhes que podem mudar muito como a gente vê um blazer ou até mesmo um terno. Ela ajuda naqueles casos onde a gente veste um blazer mas não quer que ele pareça tão arrumadinho. Elas podem ou não contrastar com a cor do blazer. Podem também ser de outros tecidos ou estampas, podendo até ser aplicadas depois, naquele seu blazer mais antigo, sem graça e esquecido. Isso revigora, acaba criando uma peça nova. Mas evite fazer isso nos que você usa como terno. O melhor é se ater aos menos formais.

Como é possível notar pelos exemplos, a cotoveleira deixa um casaco inicialmente normal, sem muita diferenciação, totalmente diferenciado, com personalidade. Não só dá a ele uma cara nova, diferente, mas também deixa o argumento de que blazer é uma peça de roupa arrumada demais um pouco inválido, uma vez que esse simples toque muda o conjunto.



5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Cara, parabéns pelo blog. Realmente muito bom!
    Faz um bom tempo que acompanho seus textos. Sempre com boas dicas.
    Continue assim!
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado!
      Pode seguir acompanhando e divulgando. Hahahaha.
      Mais dicas virão por aí.
      Abraço!

      Excluir
    2. Com certeza continuarei acompanhando e divulgando.
      Está fazendo um ótimo trabalho.

      Sou designer e tenho um blog/portfólio.
      Da uma olhada.
      http://domaniad.wordpress.com/

      Gostaria de saber se você tem algum email?

      Abs

      Excluir
    3. Que bacana.
      Muito legal o teu blog. Ótimas referências. Bem bom.

      Meu e-mail é:
      eduardo.lautert@gmail.com

      Abç

      Excluir