quarta-feira, 31 de julho de 2013

Referência pra homem: Joel Kinnaman

É chegada mais uma quarta-feira. E com ela, nossa tradicional referência pra homem.

O escolhido de hoje vem diretamente da Suécia. Mas ao contrário de que muitos pensam, ele não está tão distante assim. Eleito para protagonizar a nova versão de RoboCop, Joel Kinnaman é um ator nascido em Estocolmo, mas com uma carreira ainda promissora em Hollywood. Suas pontas em filmes como "Millenium: Os Homens Que Não Amavam As Mulheres" e "Protegendo O Inimigo" podem refrescar a memória de muitos. Bem como a sua aparição na campanha de inverno da sua conterrânea H&M.

Assim como o seu amigo, e também suéco Alexander Skarsgard, Joel se mostra um cara de bom gosto apurado e avesso aos exageros. Suas combinações geralmente são compostas de peças básicas como camisas, camisetas e jaquetas, sempre apoiadas por botas, tênis e calça jeans. Tudo sem fugir muito do mesmo universo de cores. Também da mesma forma que Skarsgard, Joel acerta no caimento das roupas, se destacando por escolhas certeiras e nada chamativas.

Elegância e simplicidade nada a ver com o RoboCop.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Livro pra homem: 100 Years of Menswear

A dica de hoje mistura moda e história. Dois assuntos de total interesse de homens modernos e cultos, como nós.

Na verdade mistura bem mais que esses dois assuntos. Tem música, arte, cinema, televisão, teatro... Enfim, estamos falando do livro "100 Years of Menswear". Um grande apanhado dos melhores momentos da moda masculina por mais de um século.

Fotografias raras e belas ilustrações revelam o estilo do homem há 100 anos. Dos clássicos e impecáveis ternos da Savile Row, aos esfarrapados e cheios de atitude uniformes dos trabalhadores de minas e ferrovias. Sim, essa publicação de 2012 faz um resgate histórico de toda a vestimenta dos homens através de toda a história do séculos 20 e 21. Steve McQueen, Paul Newman e Brad Pitt dividem as páginas com homens comuns, desconhecidos, fotografados nos mais variados ambientes, trajando os mais distintos figurinos.

Aula de história com um figurino impecável.




segunda-feira, 29 de julho de 2013

Tom sobre tom

Assim como as cores chamativas (color block) o tom sobre tom também pode ser considerado uma tendência. Não por nós, afinal ele já existe há bastante tempo.

Tom sobre tom pode ser considerada uma ferramenta que auxilia na combinação das roupas. Para não criar um visual monocromático - muitas vezes sem graça e chamativo demais - o tom sobre tom acaba sendo uma alternativa interessante. Combinando peças de tons próximos, essa dica evita resultados sem graça e sem muita personalidade.

Lembrando que para vestir tom sobre tom, não precisamos, necessariamente, vestir tudo da mesma cor. Um casaco, um sapato, uma cessório de outra cor pode ficar muito bem. Até porque aqui as chances de acertar na combinação são muito maiores.
 

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Mick Jagger: aniversariante do dia

Já que o assunto dessa sexta-feira é cultura, nada melhor do que terminar o dia com uma homenagem a um dos maiores personagens da cultura do século XX.

Sir Michael Philip "Mick" Jagger nasceu em Dartford, na Inglaterra, no ano de 1943. Naquela época, seus pais Basil Fanshawe Jagger e Eva Ensley Mary talvez não imaginassem o ícone que aquele menino viria a se tornar. O tamanho da influência que ele seria para garotos de todas idades e todas as épocas. O tamanho do legado que ele deixaria. Bastou se juntar com mais quatro rapazes da mesma idade para Mick mudar o mundo. Hoje, aos 70 anos (mas com corpinho de 50), Mick Jagger está entre as maiores referências do ramo musical. Não importa se ele veste blazer prateado durante um show. Ninguém comenta se ele se vestia como menina nos anos 70. Mick e os Rolling Stones sempre serão nossos ídolos, nossos deuses. Eles são sim referência de moda. Talvez não pelo que vestem, mas pela atitude e personalidade que transformam cada figurino em referência. Longa vida ao mestre.

O estilo do Comic-Con 2013

Terminou essa semana, na cidade californiana de San Diego, o festival Comic-Con. O evento se trata de uma espécie de convenção anual dos fãs de seriados, cinema e quadrinhos. E o mais legal: conta com a presença dos atores e diretores.

E para terminar a semana nesse clima cultural e elegante, aqui vão os mais bem vestidos da edição 2013:

Matt Smith. O 'Doctor Who' é referência de figurinos caprichados dentro e fora da sua famosíssima série. Aqui ele mostra que um blazer de abotoamento duplo não precisa, necessariamente, ser usado com camisa e gravata.

Aaron Eckhart. Em uma versão muito mais motoqueira e rock and roll do que o seu vilão 'Duas Caras', Aaron soube investir nos tons escuros sem deixar o visual pesado demais. Peças básicas são fundamentais para isso.

Nicholas Hoult, Hugh Jackman e James McAvoy. O trio X-Men mostrou elegância em três visuais bem diferentes. Nicholas - com uma combinação simples e adequada para diferentes ocasiões, Hugh - com a infalível camisa branca e James - com uma estilosa camiseta estampada, mostraram um figurino muito mais interessante do que os tradicionais collants de couro.

Charlie Hunnam. O motoqueiro de 'Sons of Anarchy' aderiu o figurino do seu personagem 'Jax', mandando ver na combinação jeans com jeans. Tinha tudo para dar errado. Mas deu tudo certo.

Ryan Kwanten. Camisas de banda são sempre uma boa pedida. Ainda mais em ocasiões informais, como o Comic-Con. O complemento com calça e bota mais claras ajudaram o ator a não parecer um metaleiro qualquer.

Stephen Amell. Longe da capa e do capuz de seu personagem Green Arrow, da série 'Arrow', Stephen até que se saiu bem. Uma combinação básica, mas rica em detalhes, como a barra da calça e o sapato contrastante.

Colton Haynes. Mais elegante ainda do que seu colega de 'Arrow', Colton mostrou sabedoria ao emplacar uma sobreposição certeira. O sapato com detalhes na sola completou o figurino nota 10.

Tom Hiddleston. Já conhecido de nossas listas, Tom - que levou a plateia ao delírio ao incorporar seu personagem Loki - acertou no figurino. De novo. Uma simples combinação de camisa branca com calça escura foi o suficiente para que o inglês ficasse entre os mais bem vestidos do evento.

Dane DeHaan e Andrew Garfield. A dupla do segundo filme da série 'Amazing Spider-Man' variou os conjuntos e mesmo assim se saiu bem. Dane, mais arrumado, soube dosar a camisa no tom de informalidade necessário. Andrew, bem mais esportivo, mandou bem com uma jaqueta de nylon completamente adaptável a ocasiões.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Moda pra criança

Tudo bem que este é um blog de moda, que visa compartilhar referências bacanas para que cada vez mais homens de todas as idades possam se vestir com mais cuidado e elegância. Acontece que essas dicas que divulgamos aqui não precisam, necessariamente, servir para crianças de 3, 4 anos. 

Hoje em dia existe um forte movimento na internet de crianças superproduzidas, vestindo roupas de adulto, com pose de adulto e tudo mais (entendam melhor aqui e aqui). Não entendam mal. Não há nada de errado em vestir bem uma criança. Fica bonitinho e todo mundo adora. Mas também não precisa colocar salto plataforma nas meninas, óculos de armação grossa e gravata borboleta nos meninos.

Criança tem é que se vestir como bem entender. Se quiser vestir camiseta amarela com bermuda azul e tênis dourado, tá mais do que certo. Por que a roupa não pode ser também uma forma de se divertir? Se ela quiser usar a fantasia do Batman para sair na rua, qual o problema? Elas podem. Elas são crianças.


quarta-feira, 24 de julho de 2013

Referência pra homem: Dominic Cooper

Essa história de falar sobre o estilo dos britânicos já está ficando muito batida. Mas fazer o que se os caras sabem se vestir como ninguém?

Dominic Cooper é um ator nascido em Londres e que ,de alguns tempos para cá, tem arrancado elogio atrás de elogio. Não só por suas atuações no cinema e na TV. Produções como "Mama Mia!", "A Duquesa", "Capitão América" e "Minha Semana com Marilyn" ajudaram a colocar o cara nos principais tapetes vermelhos do mundo, e assim, conquistar muita gente com a sua habilidade na hora de escolher o figurino.

Sem nunca apelar para cores chamativas demais, estampas exageradas ou acessórios desnecessários, Dominic faz o seu nome no meio da moda quase que com a mesma intensidade que no meio cinematográfico. Não é à toa que publicações consagradas como Esquire e GQ seguidamente selecionam o cara para estampar editoriais e listas de mais elegantes da semana. Vale atentar para o caimento das roupas que ele veste: nunca justas e jamais folgadas.

Mais inglês para a nossa lista.


terça-feira, 23 de julho de 2013

Instagram pra homem: Martell "Mr Flyy" Campbell

Voltando ao nosso papo sobre perfis bacanas de seguir no Instagram, aqui vai mais um cara cujo estilo toma conta da rede social.

Martell "Mr Flyy" Campbell (ou @mrflyycampbell) é um britânico, designer de roupas masculinas, "style expert" e um excelente fotógrafo - pelo menos no Instagram.

Suas fotos mostram sempre detalhes muito bem pensados do figurino de um homem. Lenços estampados, sapatos, meias, gravatas e afins ocupam a maior parte do feed. Além disso, Martell também registra momentos de street style muito interessantes, mostrando fotos suas e de outros caras muito bem vestidos pelas ruas.

Mesmo com um estilo meio dândi, Martell é mais um cara que merece o nosso follow.


segunda-feira, 22 de julho de 2013

Rhys Ifans: aniversariante do dia

Hoje é dia de parabenizar mais um grande ícone de estilo.


Rhys Ifans pode até ter cara de roqueiro beberrão britânico, mas é no cinema que ele mais se destaca. Isso sem falar na hora de analisar o estilo. Aí o destaque é tão grande quanto. Com um jeitão bastante inspirado em rockstars europeus, Rhys chega aos 46 anos com o título de um dos mais talentosos e bem vestidos atores da atualidade. Roupas surradas, cabelo bagunçado e cores frias compõem o estilo do ator, gerando um visual um tanto Liam Gallagher, um tanto Keith Richards. Pode até parecer exagero, meio mulambento demais. Mas mesmo com tudo isso, a gente consegue identificar alguém que consegue se vestir com atitude e bom gosto.

Chapéu de inverno

Aproveitando a massa de ar polar, que começa a tomar conta do (sul) Brasil, o assunto de hoje vai ajudar muita gente na hora de se proteger durante a semana mais fria em anos.

Ao invés de esquentar a cabeça usando aqueles tradicionais chapéus russos, espalhafatosos e cheios de pelo, que tal investir em um chapéu mais discreto? Não precisa apelar para os modelos mais caros. Como em quase todas as situações, tem sempre um modelo que cabe no bolso.

Os mais tradicionais, procurem chapéus com abas largas (mais de três dedos). Existem muitos modelos de abas curtas e levantadas que apresentam um resultado bem diferente e menos interessante. Estampas e tecidos podem variar, mas sem fugir muito do lugar. Se a preferência for por toucas e gorros, a questão das cores permanece: prefira as discretas e com pouca (ou nenhuma) estampa. Boinas e afins também podem seguir os mesmos caminhos. Lembrando que a maioria desses exemplos pode ir bem tanto em situações formais, quanto mais despojadas.

Nada contra os russos, ou contra os caçadores que usam guaxinins na cabeça. Acontece que, às vezes, é melhor seguir a tradição.