sexta-feira, 29 de junho de 2012

Planeta Terra 2012 e o Kings of Leon

Lembram do lineup do Planeta Terra no ano passado? Só nomes de peso. E não só no quesito música. Teve muita gente estilosa subindo no palco do festival.

E, ao que parece, 2012 também promete. Isso porque já foram divulgados alguns nomes para a edição que acontece dia 20 de outubro no Jockey Club, em São Paulo.

E encabeçando essa lista estão os Followill do Kings of Leon. Uma banda que, já foi uma das maiores bandas do mundo, tocando em estádio e arenas lotadas. É verdade que para um público que mais pareciam fãs de Justin Bieber. Mas enfim.

A qualidade e estilo musical dos Followill vem na direção oposta do seu estilo visual. Isso porque a música deles mudou bastante, eles deixaram referências como The Band, Creedence e até Rolling Stones e passaram a fazer músicas mais ao estilo U2. Nada contra. Nada mesmo. Mas a banda do início dos anos 2000 parecia mais autêntica e mais preocupada em fazer música boa, independente das críticas e das vendas de CD. O contrário aconteceu com o visual da banda. Apesar de também deixarem pra trás as referências e origens do Tennessee, os caras assumiram um estilo muito mais adequado, menos chamativo e de acordo com o posto de uma das maiores bandas da atualidade. Tanto que seu vocalista, Caleb, figurou na nossa lista dos mais estilosos do mundo da música.

A verdade é que eles não são mais os mesmos, perderam o posto de grande banda e sofreram com inúmeras turbulências no ano passado, inclusive com o cancelamento de uma turnê devido ao alto nível alcoólico de seu vocalista. Mas nada que atrapalhe ou interfira em afirmar que essa é uma das grandes bandas das últimas gerações e que tem tudo pra balançar o Jockey em outubro e essa nossa sexta-feira.


quinta-feira, 28 de junho de 2012

Referência pra homem: Lapo Elkann

É quase que uma redundância chamar um homem italiano de elegante, estiloso. Eles são presença constante por aqui.

E o italiano (e referência) de hoje é o empresário Lapo Elkann. Na verdade ele é nascido em Nova York, mas parece muito mais um italiano nativo, já que tem origem e família italianos.

E como bom italiano, que segue as tradições e não nega as origens, Lapo anda sempre muito bem vestido. É verdade que às vezes ele dá aquelas exageradas, vestindo cores e estampas chamativas demais, que mostram o lado mais novaiorquino dele.

Famoso pelas lapelas quase sempre largas e de destaque, Lapo é uma mistura do clássico italiano com o moderno americano. Com ternos sempre muito bem ajustados (não apertados) e acessórios na medida certa, ele consegue unir elementos diferentes em um mesmo conjuntos e fazer disso uma qualidade, fazendo com que o resultado fique interessante.

Vale se inspirar, mas para fazer o mesmo é preciso de muita prática e muito bom gosto.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Gilberto Gil e Jason Schwartzman: aniversariantes do dia (de ontem)

Infelizmente nos passamos no dia de ontem. O expresso 2222 passou e a gente não subiu. Devido a uma enorme correria aqui na redação, esquecemos de mencionar dois ilustríssimos aniversariantes do dia 26 de junho. Vamos a eles:

Gilberto Gil. Nosso excelentíssimo ex-Ministro da Cultura completou 70 anos ontem. Um dos maiores nomes da cultura nacional foi também um dos mais elegantes membros da tão deselegante política brasileira. Um exemplo de artista na sua forma mais completa. Gil é genial em tudo que faz, seja cantar, tocar, dançar e até se vestir, sendo um homem que não esconde as origens nem a idade, usando ambas ao seu favor e sendo muito estiloso por isso.



Jason Schwartzman. Um dos atores mais cool do cinema atual. O queridinho de diretores como Sofia Coppola e Wes Anderson. Schwartzman, que ontem completou 32 anos, é hoje um dos rostos mais lembrados e famosos da cena independente e alternativa do cinema americano - se é que isso realmente existe. E seu visual condiz muito com essa fama, unindo vários aspectos do estilo indie, alternativo e até geek. Além de um grande ator o cara também é uma baita referência de galã e estilo, e de uma forma nada convencional.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Dobradinha (camisa)

Alguém aí já ouviu falar em 'master roll'? Pois é, trata-se de uma das inúmeras formas de se dobrar a manga da camisa. Do contrário que muitos devem estar pensando e que muitas revistas e sites especializados falam, nós não iremos apontar a maneira mais correta de dobrar a manga da camisa.

Só iremos levantar algumas ideias e opções de variar até na hora de arregaçar as mangas.

O modo mais comum, chamado de begginer roll ou basic roll, consiste da forma mais simples: dobrar a manga usando a medida do punho da camisa como referência, sempre dobrando do mesmo tamanho até a altura desejada. DIZEM que o cotovelo é a altura a ser usada como padrão, não muito acima, nem muito abaixo. Mas não importa, siga seus instintos.

O chamado master roll é um pouco mais complicado. Ele consiste de apenas duas dobras: uma grande inicial, e uma nova, por cima desta primeira. Mais ou menos como nas fotos 2 e 5.

É possível também inventar novos meios de dobrar a manga. Por exemplo, fazer um meio-master roll, ou seja, apenas dobrar a manga uma vez, levando a parte do punho até em cima, encurtando o comprimento da manga quase que pela metade. Ou então enrolar a manga, sem dobrá-la, e ir subindo até a altura desejada.

Essa é mais uma dica de conforto e que pode ser aliada ao estilo. Mas sempre levando o conforto acima de tudo.


segunda-feira, 25 de junho de 2012

Gravata de lã

Boa parte das pessoas comemora com muita alegria a chegada do inverno. Época em que as pessoas ficam mais elegantes, mais charmosas, usam roupas mais estilosas, sem se preocupar com o calor.

E com a chegada do inverno é também comemorada a chegada do bom e velho lã. Lã no casaco, no terno, na touca, no cachecol...

Mas hoje falaremos da gravata de lã. Pra quem lembra, ela parece muito com a gravata de tricô (já citada aqui), traz um toque de sofisticação e originalidade, fugindo dos tecidos e texturas de sempre.

A maioria dos modelos possui um corte mais estreito, o slim, que deixa tudo com uma cara diferente e ao mesmo tempo moderna. Outra característica legal é que elas podem variar bastante nas cores e estampas. O xadrez é um dos modelos mais comuns de se ver no inverno. Lembre-se daquela dica de combinar, por mais que as cores e as estampas sejam chamativas, tem sempre como usar tudo sem ficar um carnaval, independente da ocaisão.


sexta-feira, 22 de junho de 2012

On The Road - o filme

Em tempos de jovens digitalizados e com interações cada vez mais virtuais, o tema dessa sexta-feira tem uma mensagem completamente oposta.

Os mais fanáticos por cinema e literatura já devem ter visto, mas foi lançado no Festival de Cinema de Cannes deste ano o mais novo filme do diretor Brasileiro Walter Salles, 'On The Road' (Pé na estrada).

O filme é a primeira adaptação cinematográfica de um dos maiores clássicos da literatura americana, o homônimo de Jack Kerouac. Ele conta a história de Sal Paradise e Dean Moriarty, dois jovens que cruzam o país em busca de bebidas, drogas, mulheres, músicas e muitas outras histórias. Um retrato da geração beat, indivíduos que nos anos 50 e 60 partiam atrás de aventuras de uma forma quase que nômade, sendo os precursores do movimento hippie. Uma verdadeira quebra dos padrões da sociedade da época.

E o filme, ao que parece, retrata tudo isso de forma muito bonita e bem feita. Com uma direção de arte e um figurino preocupados em ilustrar uma tudo isso, de forma que o filme não seja apenas uma história contada, mas uma história contada com capricho, estilo e qualidade.

Todo o charme dos jovens dos anos 60, acrescentado ao sentimento de rebeldia e liberdade da geração beat resultam em um filme que tem tudo para fazer sucesso de crítica, público e aparecer por aqui, na lista dos figurinos mais estilosos do cinema.


quinta-feira, 21 de junho de 2012

Colarinho italiano

Quem leu o post sobre blazer com abotoamento duplo, deve ter reparado que recomendamos usá-lo com camisas de colarinho italiano.

E hoje iremos explicar melhor qual é a desse tal de colarinho italiano e o que ele tem de tão diferente.

Tem gente que provavelmente vai dizer que 'isso é frescura', 'não tem diferença' e que 'é tudo a mesma coisa'. Em partes, sim. E em partes não.

O colarinho da camisa é mais um detalhe, um capricho que, às vezes, vale a pena prestar a atenção. Assim como a lapela, ele pode fazer a diferença num conjunto. Tanto para melhor quanto para pior.

O italiano possui um feitio mais aberto, com as pontas da gola da camisa mais espaçadas, formando um ângulo maior entre uma ponta e outra. Até aqui parece muita frescura, eu sei. Mas esse tipo de colarinho pode ser o toque de estilo de um figurino, diferenciando-o dos outros. Ele necessariamente pede uma gravata mais larga. Modelos slim são mais difíceis de combinar aqui, já que ocupam menos espaço. O também deve ser igualmente largo, preenchendo mais o espaço entre as pontas da gola (Windsor e Semi-Windsor são os mais indicados).

Bom gosto com sotaque italiano. Só pode ser estiloso.


quarta-feira, 20 de junho de 2012

Referência pra homem: Justin O'Shea

Uma das coisas mais legais dessa categoria é a diversidade das figuras que aparecem por aqui. E o bacana é que todas servem como referência para nós. De uma forma ou de outra, sempre podemos tirar alguma coisa.

Hoje a nossa referência é o Justin O'Shea. Um cara com um estilo muito próprio, cheio de personalidade.

Mais ou menos como a nossa outra referência - o Philip Crangi - O'Shea consegue passar um ar de seriedade de uma forma diferente, mais única e claro, estilosa. Também adepto do barbão e das tatuagens, O'Shea mostra ser um cara que veste roupas discretas, sem abusar das cores nem das estampas. A ideia de combinar cor, ou roubar cor, também aparece aqui. Percebe-se pelas imagens que esse é um cara que consegue combinar peças sem fugir de um mesmo universo de cores, deixando o conjunto sempre sério e sóbrio, mas com estilo, com o capricho de quem sabe o que faz.

Ser estiloso tem tudo a ver com isso: combinar roupas da melhor forma possível, mas sem perder a personalidade.

 

terça-feira, 19 de junho de 2012

Blazer yourself com abotoamento duplo

Mais uma vez o blazer volta a ser assunto por aqui. Depois de falar sobre formas de usá-lo, sobre os modelos com estampas e cotoveleiras, hoje falaremos sobre o abotoamento duplo.

Quem olha rápido até pode achar que é um certo exagero, um capricho desnecessário. Independente disso, é um capricho que faz a diferença. Claro, quando usado da forma certa.

Assim como o blazer com abotoamento comum, ele tem algumas "regrinhas", ou melhor, alguns cuidados. Procure ficar com os modelos com menos de 3 fileiras de botões, entre 1 e 3 é o ideal. Com o modelo de duplo abotoamento, também vai bem deixar o último botão aberto, isso ajuda a deixar o blazer mais folgado na região abaixo da cintura, ficando mais confortável e agradável aos olhos. Quando for vesti-lo com terno completo, experimente as camisas com colarinho italiano, aquele mais aberto, que combina mais com o modelo do blazer, também mais aberto. Não tenha medo de usar esse blazer para uma ocasião menos formal. Ele pode ser igualmente usado com camisa sem gravata, ou até camiseta. Jeans podem combinar muito bem. Ele também pode ser usado aberto e servir até como casaco ou jaqueta, podendo dar um resultado legal de sobreposição.

Pode ter certeza, quem consegue vestir um modelo desses de maneira correta, ganha muitos pontos.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Paul McCartney: aniversariante do dia

Só um acontecimento como esse para alegrar uma segunda-feira. E que acontecimento. Praticamente um feriado internacional.

E o que falar do maior rockstar da atualidade. O cara que faz astros como Mick Jagger, Jimmy Page e Elton John parecerem pequenos. Um Beethoven dos séculos XX e XXI.

Ok, elogios e reverências à parte, vamos ao que interessa. Mais do que homenageá-lo ouvindo todas as suas músicas, devemos tê-lo como referência para a vida. Um cara que hoje completa 70 anos, sendo mais de 50 deles dedicados à música, consegue manter sempre o nível de quem foi um dos líderes da banda mais famosa de todos os tempos. É outro belo exemplo de homem que não esconde a idade, ele usa ela ao seu favor. Tudo bem, ele pinta o cabelo, mas é o Sir Paul McCartney, né?

Com a voz, o físico e o estilo de um cara de 40 anos, Paul consegue ser um dos músicos mais estilosos há tantos anos. Suas raízes inglesas são super visíveis, como por exemplo nos ternos sempre impecáveis e muito bem ajustados.

Do auge da sua fama, Paul consegue ser um cara simples, sem frescuras. A única coisa que sobressai é o talento incrível e o carisma inigualável.

Parabéns para o Sir.


sexta-feira, 15 de junho de 2012

Ao som e estilo do Mumford and Sons

Mais uma semana que chega ao fim. E mais uma vez, para embalar a sexta, o sábado e o domingo (por que não?), temos uma banda super estilosa. Musical e visualmente. O Mumford & Sons.

Formada em 2007, ela não chega a ser nenhuma novidade no mundo da música. Para os hipsters então, nem se fala, já conhecem há séculos. Mas independente disso, eles estão aqui pela grande referência que são.

Liderados por Marcus Mumford, os Mumford & Sons são quatro caras vindos de Londres, com um estilo musical que é uma grande mistura, indo do folk ao rock, juntando com bluegrass e até country. 

E o visual não deixa por menos. Adeptos dos jeans, camisas (xadrezes ou não), coletes, botas, bigodes, barbas e brandindo banjos, bandolins, violões, contrabaixos e eventualmente alguma bateria, os caras criam um som bastante diferente e super original, tornando-se um belo exemplo de banda com uma identidade muito própria e característica.

Bom para animar uma sexta-feira com muita personalidade e claro, estilo.


quinta-feira, 14 de junho de 2012

Referência pra homem: Matt Bomer

Mais uma referência de estilo masculino. Dessa vez, diretamente de Hollywood.

Estamos falando do ator americano Matt Bomer, um cara que tem atraído as atenções não só pelos filmes e seriados nos quais atua, mas também pelos diversos editoriais de moda, fazendo alguns bicos de modelo.

Com a aparência e um estilo de se vestir muito parecidos com os do alemão Johannes Huebl (também referência pra homem), Matt é outro dos tantos exemplos de que a simplicidade e bom gosto andam muito próximos. É muito mais fácil acertar um figurino apostando na discrição do que na excentricidade e nos excessos.

Essa simplicidade não significa que Matt Bomer é um cara desleixado e sem graça. Ele combina cores e peças de roupa com muita precisão, tanto nas cores (buscando sempre usar cores próximas), quanto nos tamanhos (sem roupas apertadas ou folgadas demais).

Mais uma vez, menos é mais.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Undercut

Voltamos a falar hoje de mais um assunto que há muito tempo não aparece por aqui. O cabelo.

Mais especificamente sobre um corte, o 'undercut', um penteado cheio de personalidade. O mesmo corte do Nick Wooster, do Philip Crangi, do Beckham e tantos outros. Ok, vocês podem até achar que isso tá soando como tendência. Pode até ser. Mas não é esse o motivo desse assunto estar na nossa pauta. Ele se faz importante porque que é um penteado legal de usar. E ponto final. Independente do momento, nós vamos continuar dizendo isso mesmo quando ele ficar "fora de moda".

Esse é daqueles visuais que podem causar estranhamento aos primeiros olhares. Ou até mesmo sentimentos do tipo "eu acho legal, mas não usaria". Mas nada que tire o charme do undercut. O que caracteriza esse corte é justamente o que diz o nome: corte em baixo (mais ou menos isso), ou seja, os lados são mais curtos do que o topo.

Mas não é tão simples quanto parece. É preciso uma boa dose de cuidado para que o resultado não passe do ponto, se tornando agressivo demais. Por ser um corte bastante detalhado, ele demanda uma certa atenção e uma boa manutenção. É bom tentar um estilo mais discreto (na medida do possível) e ousar menos, já que o próprio penteado já passa essa ideia. Se achar que passou do ponto, opte pra velha solução capilar masculina: raspar tudo.

Sem preconceitos, nem exageros.


terça-feira, 12 de junho de 2012

Feliz Dia dos Namorados

Pois é, nós também não conseguimos fugir do assunto. Mas não teria como deixar essa data passar em branco. Mesmo que o branco combinasse.

E por isso aqui vai a nossa homenagem a todos os casais, namorados, casados, ficantes, enrolados etc.

Nesse dia, nada mais importante do que estar em boa companhia e claro, bem vestido. Lógico que estar bem arrumado é uma questão muito subjetiva, cada um se arruma do seu jeito. Não cabe a nós aqui, ditarmos como cada um tem que se vestir, seja no Dia dos Namorados ou em qualquer outro dia.

Só viemos aqui lembrar que existem algumas dicas de como "caprichar" no visual para um dia como o de hoje.

Portanto, aproveite para rever alguns posts aqui do blog, relembre algumas ideias, tente aderir aquelas dicas que você mais gosta e busque colocar em prática no dia de hoje. De novo: não cabe a nós aqui, ditarmos como cada um tem que se vestir. A ideia é justamente essa, cada um se veste como quiser. Cada um tem o seu estilo, independente de tendências, modas e etc. Tá aí um belo presente de Dia dos Namorados.

Ah, e para os solteiros: não se sintam excluídos. As dicas podem ser igualmente aproveitadas. Quem sabe elas podem até gerar algum fruto...